segunda-feira, 26 de outubro de 2009

efémera idade

porque há-de ser eterna uma vida com cáries?
para que há-de ser perfeito um jardim por regar?
porque hão-de ser belos os textos que não se escrevem?
bem haja a efemeridade das estações!

4 comentários:

Isabel disse...

bem haja quem assim nos defronta. pela terrivel simplicidade de uma pergunta impositiva.


os textos não escritos são a derme de um diálogo escondido.


excelente a cárie exposta na foto que é belíssima.

rasgo. com que nos "regas!".


beijo Angelíssima.

maria josé quintela disse...

a efemeridade a prevenir a instalação do tédio.

bem haja sim!

apesar...



um beijo Â.

Graça disse...

Sim... porquê?

Bem haja, então.

Adorei as fotos.

Beijo, Ângela

gabriela rocha martins disse...

porque ainda há quem resista


asSIM



.
um beijo

visitantes da babel