terça-feira, 29 de setembro de 2009

fade out

Jorge Vasques, em O Cerejal, de A. Tchekov





"É isto o teatro: a vida e a morte."


(disse Eugénia Vasques, irmã do actor e professora da ESTC, há algumas horas atrás.)

4 comentários:

Isabel disse...

_____________e se o deserto é tudo o que temos e se a ausência é um des.concerto magoado a vida corre afecta à morte na mais ampla injustiça de um tempo que continua. deserto!

teatral pensamento o da precária imortalidade.

somos tão pouco dentro de tanta coisa que é coisa nenhuma.


beijo - te.

Isabel disse...

que aconteceu???????????????


oh deuses.....


boa noite A.

Isabel disse...

:(




tens toda a razão....ou a vida ou a morte.


ou o nevoeiro. ou a claridade. temas para tese de uma "doutorada" em desencontros a norte e rasgões a sul.

diria que pode sempre haver saída se houvesse entrada.o que duvido.

mas isso digo eu que só sou optimista em dias de pessimismo.

.

Bora lá. o caminho não é de caminhar. antes de esperar.

que seja bom o outro lado que fica para lá das curvas do Marão.


beijo.TE.

maria josé quintela disse...

importas-te de aqcender a luz lá na sala de visitas?





beijo-te.

visitantes da babel