sábado, 11 de julho de 2009

na ilha de Lesbos

com Marie Chouinard, em Orphée et Eurydice

Teca, Porto, 10, 11, 12 de Julho de 2009

Orphée et Eurydice é uma obra poderosa, excessiva, habitada por vagas de humor. Fascinada pelo corpo até nas suas manifestações mais íntimas e secretas, a coreógrafa Marie Chouinard concebeu uma “dança exploratória” que ousa o desregramento do corpo, a desmesura, executada por intérpretes que nisso se empenham totalmente. Esta dança demoníaca expõe as origens viscerais da criação. Sopros, gritos, vogais, consoantes desenraízam-se do orgânico como uma infra-língua extraída do âmago do corpo. Não é um mito sobre o amor. Não se procure aqui uma só Eurídice, um só Orfeu; eles são múltiplos, no número e no género.

Michèle Febvre – http://www.mariechouinard.com/

O excerto de vídeo que se encontra no site de TNSJ não me tinha atraído muito. Apenas o texto.

Mas valeu a pena ter arriscado! A orgia criativa não é de todo asséptica como parece. E assistir a este espectáculo é quase uma experiência erótica, de celebração do corpo e da poesia.

6 comentários:

isabel mendes ferreira disse...

e eu diria que é "terra de sentidos feita dança da alma exposta desde a antiguidade mais íntima dos gestos"


belíssimo exercício "textual" do prazer feito arte. gráfica a tua "dissertação" de espectadora de nós.


obrigada Angela....foi muito bom para lavar o coração. Saúdo a Beleza. sempre.


bom diaaaaaaaaaaa com beijo sobre o palco da vida.

maria josé quintela disse...

depois da Ysabel comentar fica muito difícil fazê-lo... porque ela diz aquilo que eu penso. só que diz melhor...


assim, só acrescento que adoraria ver o espectáculo completo e ao vivo!


um beijo ângela.

Nilson Barcelli disse...

Se a "orgia criativa não é de todo asséptica", então valeu mesmo a pena.
Bom fim de semana.
Beijo.

José Carlos Brandão disse...

Obrigado pela amostra, Ângela. A beleza merece ser reverenciada, de joelhos.

Um beijo.

gabriela rocha martins disse...

mais do que celebração

um grito num estado quase absoluto

de êxtase


( sabe a pouco o saber muito )



.
um beijo

pamita star disse...

ui, que bonito!!

visitantes da babel