quarta-feira, 6 de maio de 2009

cet obscur objet du désir

Foto de Nikola Borrissov

quero o desejo a latejar-te
no pescoço a respiração
atenta aos lábios inchados
quero aflorar-te a pele
apenas a percepção de que podes
tocar com um descuido
a ponto de desencadear
uma explosão.


por entre as chamas
o empregado trouxe-nos os sumos:
e suavemente as nossas mãos
roçaram uma na outra.


16 comentários:

Anónimo disse...

e o sumo era de?


.



bom nÃO SEI COMENTAR.



BEIJO.



IMF

ângela marques disse...

fruits de la passion...

José Carlos Brandão disse...

por entre as chamas!

Somente a Dobrada à Moda do Porto de Fernando Pessoa serve-se fria.

beijo.

maria josé quintela disse...

:)))

(este sorriso aberto é pela pergunta da imf)




bem... espero que os sumos estivessem bem frescos!



um beijo Ângela

Tchi disse...

O sumo de maracujá misturado com limonada bem fresca é super...


:)

alice disse...

:) e o desejo acontece! adorei ler, ângela. volto na próxima semana. fica bem. beijinhos.

gabriela rocha martins disse...

ao menos souberam onde colocar as mãos......

....curiosas ,meninas ,as mãos!!!!


.
.
.

( a Isabel diz que não sabe comentar.... pois ,o meu mal é precisa mente ao contrário .... mas ,antes de sair asneira ,retiro.me )



.
um beijo

Susn F. disse...

Ardente... :)

Adoro a foto. Um dia destes vou roubá-la, está bem?

beijo

Jade disse...

Hum...adorei ler este poema...fez-me despertar uns sentidos que sem querer eu coloquei nas mãos do João Pestana. Sabes? a minha amiga susn f. tem razão: frequentar os blogs, ler os escritos dos outros, ajuda-nos a encher a alma.
O teu poema pelo menos...fez-me um arrepiozinho...hum...
Talvez tenha sido o sumo...
Beijos doces
Admiro aquilo que escreves

isabel mendes ferreira disse...

ah....mas eu tb gostei do "texto"....


:) muito.

reservo-me o direito de comentar mais tarde.


com mais sumo....:)

isabel mendes ferreira disse...

.
Enquanto se faz o sumo e para sublinhar o grau de teimosia e persistência que até nem tenho :) passo então a esclarecer comme par hasard que o raio do norte/sul anda sempre a trocar-nos as voltas e
quer te agrade ou não ;)))), é que todos nos mexemos num mundo (sumo)só, geracional. Sendo que a geração não tem tanto a ver com a idade, mas justamente com as vivências e frutos comuns. Penso eu de que, citando Pinto da Costa ...__________________ai ai...

como eu gosto de sumo de sílabas roubadas....

e saio.


- enfim, isto daria pano para mangas, mas tenho pena de ti e não te chateio mais:))))))))))))))))))))).




ih ih ih


beijo. com filtro.

ângela marques disse...

:)))))))))))))


SUBLIME!

ninguém percebe nada, mas não interessa. adorei eu e é qto basta.

(agora essa do filtro... vai-me deixar a pensar...): vou ali e já volto;)

ângela marques disse...

... eu tb uso filtro, às vezes...

ou boquilha:)

lili laranjo disse...

Gostei de a ver no meu cantinho...


um beijinho

SOL


Sol
Solidão
Solidificar
Solidariedade…
Tanta coisa…
Tanto Sol…
Tanta diferença
Tanta palavra
Tanta força
Tanta mudança
Mas…
O Sol
Está sempre lá
E vai sorrindo…
Porque sente…
Que mesmo só
É sempre a força
Que comanda o mundo.



Lili Laranjo

maria josé quintela disse...

de cada vez que leio gosto mais.




bom dia ângela.

Paulo - Intemporal disse...

em suma, o sumo foi o único refresco da garganta no momento preciso.

:))

valha-nos sempre, em suma, o sumo.

:))

um beijo ângela.

visitantes da babel