sábado, 3 de janeiro de 2009

Prefiro a gaguez



Está perfeito assim. Apenas me falta um gato. Você diz que não percebe essa minha necessidade, mas a verdade é que nem sempre compreendemos as necessidades dos outros. Claro que não vamos discutir, não foi para isso que viemos. Você diz que não sabe porque viemos, mas também isso não é importante. Então o que é importante. Vivermos, simplesmente. Mas tem que haver um objectivo, diz você. Todos os actos têm uma justificação, segundo afirma. Eu porém não penso assim. Então porque preciso de um gato, pergunta você. Porque sim, digo eu.

5 comentários:

observatory disse...

gostei :)

procurar razoes para viver?

LM,paris disse...

ângela,
adorei o texto, gaguejava-o bem.
O gato?
Nao sei, ele quer comer e durmir, ronronar, e esgravatr o teu sofà!
Quer mimos e gratouillages de dos, miam, boulettes de caviar et du thon,bisoux sur le museau, que tu lui balances un coussin quand il a fait une bêtise, blà,blà, un chat quoi!
Adoptes en un, allez, c'est bien pour l'année 2009, un chat d'appartement, coucou-ning, parce l'autre , il va faire son macho de base, et tu vas pas aimer...c'est nul,_de base.
babelisa um minou, e encontra-se assim um nome daqueles maravilhosamente chàbicos e babélicos, ecreve uma peça Pinteriesca e depois mima-o muito. Gaguejo-te um oceânico domingo, um
mimo, mi__à___oo___uuu!
LM

Ana Paula disse...

Olá, Ângela! Foi uma óptima surpresa rever-te aqui, ouvir a tua "voz" :)

Um excelente Ano Novo de 2009 para ti!

P.S. - Com ou sem gato... :)

LM,paris disse...

ângela, agora é que vi a foto do teu post..." o sacrificio" de Tarkovsy?
Dis-moi si j'ai gagné au conscours cinéma babel?
beijosssssssssssssss, mil,
LM

ângela marques disse...

malheureusement, non, Lídia. je n'ai pas de prix:(

visitantes da babel