domingo, 25 de janeiro de 2009

Os RespIgadores

Jean-François Millet, 1814 - 1875

há os que afirmam
aconselham, apontam caminhos
assertivamente.
e há aqueles que observam
escutam, respigam pétalas
com a delicadeza de um olhar.

são estes que me conquistam
para a vindima ou a apanha
da azeitona.

18 comentários:

PiresF disse...

Acredita que não tenho o costume de andar por aí a distribuir elogios sem sentido, mas, pela forma e pelo conteúdo do que acabo de ler, tenho de dizer que acabei de ler algo que só posso classificar de EXCELENTE!

Bendita blogosfera que ainda me surpreende, poucas vezes, é certo, mas ainda assim, algumas.

Obrigado, Ângela Marques.

ângela marques disse...

Grata eu pelas tua palavras não usualmente esbanjadas. Não gosto delas, fazem-me uma comichão danada.

Espero-te então de volta.

Abraço

maria josé quintela disse...

vi um dia um filme francês, absolutamente fascinante, sobre os respigadores e as respigadoras.


agora, ao ler o teu poema, fiquei comovida...


respigadores(as) de pétalas estão em vias de extinção. e como fazem falta!


gostei muito. mesmo.


(e foi muito bem endereçado!)


um beijo.

ângela marques disse...

eu também vi o filme da Agnés Varda:) e ele também está aqui: pelo título, pelo quadro, pelo que tento dizer. A destinatária é uma respigadora exemplar.

beijo

isabel mendes ferreira disse...

e

apanho as pétalas.



curvada. pelo dias de espanto. que ainda me espantam.



beijo A.


(e o PiresF não é mesmo de andar por aí a dizer ao desbarato....por isso o subscrevo _________no conteúdo).

ângela marques disse...

venho perdendo a capacidade de me espantar e admiro-te porquetu a conservas.

(quanto ao Pires F., não sei explicar, mas há coisas que se sabe que são verdade.)

beijo, respIgadora

isabel mendes ferreira disse...

música?


talvez...

já não sei nada.....a vida é tão fugidia....:( mas agradeço a intenção....da música.....


beijo. A.

Maria disse...

Belíssimo!

isabel mendes ferreira disse...

Wim Mertens????????????


hum....



o céu. de novo!

ângela marques disse...

claro.

o post é um todo... achei q era o mais apropriado para a destinatária:)))))))))

isabel mendes ferreira disse...

Stratégie de la rupture 1991___________penso!





.

ângela marques disse...

afinal é no "Epic that never was"... (acrescenta portanto a minha trenguice)

Miguel Barroso disse...

Muito bom, obrigado pelo comentário à minha densa e confusa poesia. confesso que também gosto de minimais, mas ando denso....



Abraços d´ASSIMETRIA DO PERFEITO

the joker disse...

quem a leu e quem a lê!...
Ângela....
Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades e, pelos vistos, os seus gostos...
Ah! Ah! Ah!
lá vai ter de apagar mais um comentário meu....

ângela marques disse...

Pois engana-se redondamento. Aprecio quem dá a cara. E REPITO, nunca apaguei nenhum comentário seu. Pena que não acredite.

ângela marques disse...

Ah..só mais uma coisita: quanto ao comentário em si. Não vejo que o que escrevo esteja assim tão mudado. Tenho vindo a encurtar razoavelmente a quantidade de palavras, mas para dizer o mesmo. Talvez se refira a outra coisa qualquer, mas que não tem a ver com a minha escrita.

the joker disse...

eu explico: tem a haver com um post seu, num outro blog, em que fazia uma crítica, que eu achei muito bem apanhada, sobre uma. determinada.


________________

forma de escrita

Aliás, foi por causa desse seu post que, na altura, comecei a ler o seu blog e acabei por entrar em diálogo, via e-mail, consigo.

ângela marques disse...

Eu continuo a criticar quem usa a língua e sinais de pontuação como receitas. Não me parece que tenha usado esse processo.
Agora, acabou a hora do recreio.
Se este espaço a incomoda, basta sair e fchar a porta, pf.

visitantes da babel