terça-feira, 20 de janeiro de 2009

O Dia da esperança

Este homem teve um sonho...



e este pode dar-lhe forma.

5 comentários:

Paulo - Intemporal disse...

"pode dar-lhe forma"

e vida na vida que urge em felicidade espontânea.

Y
e
s

W
e

can [!!!]

Felizes de íris expectante.

Good Luck!

e um beijo Ângela.

Brancamar disse...

É verdade, a voz, a força e a humildade do discurso são tão idênticos e foram precisos quarenta anos para que o sonho de Luther King começasse a ganhar forma, embora não devamos pôr nos ombros de Obama uma carga excessiva de expectativas, numa crise sem precedentes. Ele próprio com muita sinceridade já tem afirmado que cometerá erros. No entanto todos sabemos ser alguém que tudo fará para o desanuviamento bélico e não só, o que já é só por si uma tarefa imensa.
Aguardamos com esperança.
Um abraço.
Branca

ângela marques disse...

Agradeço os comentários.
Confesso que a minha esperança é frágil, não em Obama, mas "esperança" tout-court... Claro que não é nos ombros de um só homem que podemos colocar uma "salvação" longínqua.
Enfim, há muitas questões em aberto neste início do séc. XXI e a História avança, mas não é em auto-estrada. Muita água haverá ainda de correr debaixo da ponte.
Mas indiscutivelmente Obama é um marco e já deu um pontapé de saída, pela diferença que marca em relação ao passado recente.

Susn disse...

Teremos todos que lutar pelas mudanças desejadas.

Beijos

Bandida disse...

pelo menos livrámo-nos do Bush...

[vamos ver o resto]
.....

visitantes da babel