sábado, 21 de março de 2009

DIA DA POESIA



Não sei, ama, onde era,
Nunca o saberei...
Sei que era primavera
E o jardim do rei...
(Filha, quem o soubera!...)


Que azul tão azul tinha
Ali o azul do céu!
Se eu não era a rainha,
Porque era tudo meu?
(Filha, quem o adivinha?)


E o jardim tinha flores
De que não me sei lembrar...
Flores de tantas cores
Penso e fico a chorar...
(Filha, os sonhos são dores...)


Qualquer dia viria
Qualquer coisa a fazer
Toda aquela alegria
Mais alegria nascer
(Filha, o resto é morrer...)


Conta-me contos, ama...
Todos os contos são
Esse dia, e jardim e a dama
Que eu fui nessa solidão...



Fernando Pessoa, Cancioneiro, Obra Poética, Ed Nova Aguilar, 1977



Um Pessoa que se aprecia mais tarde, quando o essencial vem ao de cima, como o azeite. O Pessoa que bebeu também a poesia Galaico-Portuguesa. Esse Pessoa.



7 comentários:

GMV disse...

Um Pessoa... O Pessoa... Esse Pessoa...

[a Poesia!]

Beijo, Ângela

isabel mendes ferreira disse...

.....esse que se estranhou e logo se entranhou.



bom dia A. de livre ser e pensar a poesia.

beijo.

Paulo - Intemporal disse...

No Dia Mundial da Poesia, deposito aqui um ramo de sílabas que mais tarde virei colher na vogalização de tantas as palavras de en.cantar.

e saio _______________________________ rendido.

Um abraço[.]

maria josé quintela disse...

bom dia Ângela.

obrigada por esta pérola. de um Pessoa que eu aprecio mais tarde e mais cedo. a todas as horas.



um beijo.

José Carlos Brandão disse...

Muito bom passar aqui para comemorar com você o Dia da Poesia, em Porrtugal, e à sombra de Fernando Pessoa, aquele Pessoa paradigmático das cantigas galaico-portuguesa. É lindo isso. Quando fazia o meu curso de Letras, eu sabia compor cantigas nessa linguagem; imitava os antigos poemas de amigo com umn jeito que dava gosto. Como era bom comungar a poesia com os nossos avozinhos!
Obrigado.
Um grande abraço.

gabriela rocha martins disse...

que pessoa? Pessoa qual? das cantigas de amigo
ou
de escárnio e mal dizer?
puro galicismo ,minha amiga


.
um beijo em canto

Tchi disse...

Esse Pessoa que aquieta e que desassossega.

Magnífica lembrança a recordar que este é um dia de todos os dias dos poetas.

visitantes da babel